Sejam todos muito bem-vindos!





quinta-feira, 16 de junho de 2016

5 anos do Tamoxifeno!!!

Nossa gente, acho que pela primeira vez não sei o que escrever... Mas sei que tenho que escrever...

Comemorei e me lembrei em cada parte desse tratamento... Mas agora as coisas estão estranhas, pensamentos estranhos... Esse post será uma retrospectiva desses 5 anos.

Dia 16.06.2011, começava a tomar o Tamoxifeno (pegava no A.C.Camargo pelo SUS, pois não tinha condição de comprar).


* Junho / 2011 - Não tirava fotos com o cabelinho curto... Fazia pouco tempo que tinha parado de usar o lenço.

Pelo meu relato com 1 mês de tratamento, vi que senti enjoo por uns 3 dias e ondas de calor. Mas não me lembro realmente.

Lembro de na época estar preocupada com a cicatrização da mama operada por já ter lido na bula que o Tamoxifeno atrapalhava a cicatrização.


* Junho / 2012 - Amigas queridas e as 12 primeiras caixas do 1º ano do tratamento. Morro de vontade de cortar o cabelo assim novamente.

Uma das minhas amigas do peito, mineirinha, me deu a dica de não ficar lendo efeitos colaterais na bula do Tamoxifeno. Nossa mente tem uma capacidade incrível, mas infelizmente a maioria das vezes nos concentramos nas coisas menos positivas... Enfim...



* Junho / 2013 - 4 aninhos do Daniel, cabelo só crescendo. 2º ano de Tratamento o A.C.Camargo inaugurava o prédio novo de atendimento pelo SUS na Rua Tamandaré (vulgo Camarguinho), a crise era tão grande que nem a caixa dos medicamentos eles davam... Nessa época não tínhamos acesso aos exames e meus médicos foram deixando de atender os pacientes do SUS.

Através de outra amiga também aprendi que o Tamoxifeno era "meu amigo"... Um pedacinho da cura diariamente. E a partir dai comecei a encarar o uso diário de uma forma positiva. Cada dia, cada comprimido, um degrau ou um passo rumo à cura.


* Junho / 2014 - 3º ano de Tratamento - Por conta da Residência, a maioria das vezes quem retirava o remédio era minha mãe ou minha tia (quando ela ia heparinizar o Port-o-Cath.

Realmente vejo muitas meninas "culpando" o Tamoxifeno por tantas coisas... Pode até ser que ele não seja tão inocente assim, mas se "o preço" dele é causar ondas de calor, dores pelo corpo, aumento da fome, e várias outras coisas que não chegam nem aos pés do benefício do controle do câncer... É o que eu falo para meus pacientes, temos que incorporar à nossa rotina e à nós mesmos, pois "brigar" com a doença ou com o tratamento não trás benefício algum.


* Junho / 2015 - Esse ano foi tão bagunçado que foi difícil até achar uma foto minha... A caixa de número 44 se perdeu em meio à bagunça que se tornou minha casa/vida desde que entrei na Residência de Endocrinologia Pediátrica.

Me sinto no topo de uma escadaria, quando olho para os degraus que subi fico imaginando como tive forças para subir tudo aquilo, olhando a vista lá de cima volto àqueles sentimentos que citei, incertezas e dúvidas à primeira vista... Mas na verdade, a visão é de um mundo inteiro de possibilidades... Olhando de cima posso ver os detalhes, os caminhos e ter um pouquinho mais de segurança para decidir por onde traçar meu caminho...


* Junho / 2016 - O 5º ano de tratamento passei a receber o Tamoxifeno pelo meu convênio... Facilitou bastante... Mas no início da mudança tive a impressão de mais ondas de calor.

Essa foto poi tirada hoje 16.06.16. - Tomei o último comprimido dessa temporada. Sim, essa temporada acabou e em breve virá a temporada de planejar um irmão/irmã para o Daniel... Essa temporada exigirá alguns meses sem o uso do Tamoxifeno, exames de controle e só para 2017 poderei tentar engravidar (que Maria interceda por mim).

Mas como o protocolo para câncer de mama em mulher jovem mudou, tenho que tomar mais 5 anos após parar de amamentar... O importante é que Deus me sustentou durante todo esse tempo, e peço a Ele que me renove e me restaure.

Agradecimento mais que especial ao meu amorzinho Fernando, que esteve tão perto que sentiu tudo e mais um pouco junto comigo. Te amo. Agradeço também a todos meus amigos que torcem por mim e às minhas queridas Amigas do Peito (Meninas de Peito agora). Tudo isso para dizer para quem está  nessa batalha: não desanime que uma hora tudo passa...

Um beijo!


Nenhum comentário:

Postar um comentário